Por que O Pequeno Polegar?

O Pequeno Polegar é uma linda história infantil.
Para nós, ela é símbolo de força, luta e sonho.

Assim como na história, tudo foi conquistado graças ao trabalho árduo, perseverança e comprometimento de todos. Aos poucos, graças ao reconhecimento dos pais e confiança em nosso trabalho, somos o que você vê hoje! A história do Pequeno Polegar foi inspiração para começar uma grande escola, com pessoas do bem, cheia de sonhos e desafios a vencer.

Atualmente, a história incorpora-se em nosso trabalho. É como se estivéssemos dentro de botas mágicas de um gigante, tão grande quanto o da fábula, de força muito maior. Essas botas nos conduzem pelos melhores caminhos e trazem para nossa escola cada vez mais luz, perseverança e felicidade.

Por isso, nossa logo é representada pelo Pequeno Polegar dentro das botas mágicas do gigante, de braços abertos a acolher todos nesta Instituição. Viva O Pequeno Polegar!

Escola O Pequeno Polegar

A marca O Pequeno Polegar

A Fábula

Polegar era um jovem menino, filho de lenhador, caçula entre sete irmãos. Era o menor de todos, por isso O Pequeno Polegar. Era, dentre todos os irmãos, o mais ágil e esperto.

Um triste dia, o pai e a mãe de Polegar conversavam na sala sobre as dificuldades financeiras. Discutiam que a situação estava muito difícil e que o pior iria acontecer: teriam que abandonar os sete irmãos na floresta, para que tentassem sobreviver sozinhos. Escondido, o pequeno Polegar ouviu essa afirmação e ficou muito triste e preocupado. Assustado, o garoto começou a pensar em alguma saída para o problema da família. No dia seguinte, quando saíram com todos, o pequeno Polegar deixou pedrinhas por todo caminho onde passaram. Graças a isso, conseguiram todos os irmãos voltar para casa, surpreendendo seus pais. Contudo, no outro dia o garoto não teve a mesma sorte. Sem conseguir pegar pedrinhas, o jovenzinho jogou migalhas de pão, que rapidamente foram comidas pelos milhares de pássaros da floresta. Perdidos não sabiam voltar para casa. Na esperança de encontrar sua casa, o pequeno Polegar subiu em uma grande árvore, de onde avistou a casa de um gigante, um velho feiticeiro. Ao chegarem lá, foram muito bem recebidos pela senhora mulher do feiticeiro. Contudo, o que eles não sabiam era que o gigante feiticeiro adorava comer crianças vivas. Com muito medo, todos escaparam na mesma noite, graças a uma idéia de Polegar.

O feiticeiro, desesperado quando acordou e viu que todos haviam escapado, saiu atrás de todos mata à dentro. Furioso, mas muito esgotado e cansado, dormiu na selva, bem perto de onde os sete irmãos estavam escondidos, com muito medo. O pequeno Polegar, esperto como sempre, com muito cuidado, chegou bem perto do gigante, vestiu as suas botas mágicas e correu até a casa do feiticeiro. Chegando lá, pediu todo o tesouro dele para sua mulher, justificando que o gigante havia sido preso por malfeitores e que precisava de toda riqueza para salvá-lo.

Quando pegou todo o tesouro ali escondido, voltou junto com seus seis irmãos para casa e, junto de seus pais, nunca mais tiveram fome. Viveram felizes para sempre!

Menu